Linha e Projetos de Pesquisa


        A Linha de Políticas e Gestão da Educação do PPGE da UFPR estuda a forma pela qual se definem as políticas públicas no âmbito da educação, considerando as relações estabelecidas entre Estado e sociedade civil no contexto sócio-econômico contemporâneo. Neste sentido seus professores e alunos realizam pesquisas no âmbito da avaliação da proposição e implementação de políticas educacionais nos níveis municipal, estadual e federal; de estudos comparados sobre as políticas de países da América Latina; da relação das políticas com as demandas dos movimentos sociais; do processo de gestão tanto nas unidades escolares quanto nos sistemas e redes de ensino e sobre financiamento da educação.
     Entende-se que as políticas e a gestão educacional são mediações necessárias para a efetivação do direito à educação e propõe-se, portanto, a investigar como estas se realizam no interior do Estado e nas relações deste com as diversas classes, forças e grupos sociais.

Ações previstas: As ações previstas pretendem dar conta da dinâmica proposta para a pesquisa em diferentes níveis:

1- Análise da política de formação do professor a partir dos dados do INEP, com a construção de um banco de dados Pr que integre as diferentes fontes;

2- Análise dos projetos pedagógicos dos cursos de licenciaturas em especial os de Pedagogia, Química, Física e Matemática a partir dos relatórios de auto-avaliação das IES do Estado do Paraná onde algumas fontes diretas poderão ser agregadas;

3- Aprofundamento das análises a partir de estudos de caso nos cursos desenvolvidos pela UFPR.

Metodologia:

        Ao tomar como objeto de investigação as políticas educacionais no campo da avaliação institucional e suas implicações para a formulação de políticas públicas definimos como opção metodológica a pesquisa qualitativa. Esta opção se justifica dadas as características inerentes a este método que possibilitam uma compreensão profunda de certos fenômenos sociais apoiados no pressuposto da maior relevância do aspecto subjetivo da ação social face à configuração das estruturas societais ... bem como compreender as especificidades de um fenômeno em termos de suas origens e razões de ser (HAGUETTE, 1995, p.63).

        Para a investigação proposta o aprofundamento na compreensão do fenômeno em estudo adquire importância fundamental, uma vez que, a intenção da pesquisa está circunscrita a uma realidade bem delimitada, as instituições de ensino superior do Paraná, iniciando pela UFPR. Nesta perspectiva cabe ainda apontar traços essenciais da pesquisa qualitativa segundo Triviños (1987, p.124) por um lado sua tendência definida de natureza desreificadora dos fenômenos do conhecimento e do ser humano, e por outro, relacionada com aquela, a rejeição da neutralidade do saber científico.

        A pesquisa proposta será desenvolvida mediante análise de dados disponibilizados pelos bancos existentes no INEP e na IES, estudos teóricos, análise documental e estudos de casos, que proporcionam uma descrição aprofundada de suas dimensões e processos essenciais (TRIVIÑOS, 1987). Para obter o máximo de amplitude na compreensão do objeto de estudo serão adotados os seguintes procedimentos: Análise estatística dos dados do Censo da Educação Superior, Análise documental dos processos de avaliação das IES e dos sistemas educativos; Análise dos projetos pedagógicos dos cursos de licenciaturas, em especial os de Pedagogia, Física, Química e Matemática da UFPR, estudos de casos, observações livres e análises sócio-históricas mediante revisão da bibliografia e de outras fontes existentes sobre a temática.

         Os instrumentos serão pré-testados com o intuito de verificar a compreensão e a pertinência das questões para o estudo em foco. Antes de iniciar a pesquisa de campo será feita uma exposição dos objetivos do estudo aos alunos do PPGE explicando a importância da pesquisa como perspectiva de constituição de um núcleo de estudos sobre a Educação Superior.

        Os dados que por ventura sejam obtidos por meio de estudos de campo serão submetidos à análise de conteúdo que segundo Bardin (1995, p.42) pode ser definida como sendo: Um conjunto de técnicas de análise das comunicações visando obter, por procedimentos sistemáticos e objetivos de descrição do conteúdo das mensagens, indicadores que permitam a inferência de conhecimentos relativos às condições de produção/recepção destas mensagens.

        A análise dos demais textos e/ou estudos será feita mediante a técnica denominada análise documental que pode ser definida como uma operação ou um conjunto de operações visando representar o conteúdo de um documento sob uma forma diferente da original, a fim de facilitar num estudo ulterior, a sua consulta ou referenciação (BARDIN, 1995, p.45).